Top 3 principais causas de morte no Brasil



Postado dia 5 de fevereiro de 2019 às 12:08h.


As doenças cerebrovasculares, que incluem o acidente vascular cerebral (AVC), são as principais causas de morte no Brasil. No total, foram pouco mais de 100 mil óbitos registrados em 2013, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Em segundo lugar na lista de causas de mortes aparece o infarto agudo do miocárdio, com cerca de 85,5 mil casos – quase 236 mortes por dia. Houve, no entanto, um aumento no número das ocasionadas por doenças crônicas ou ligadas à causas externas, como acidentes de trânsito e violência.

 

1° – Doenças cerebrovasculares – 100 mil mortes

Em 2013, foram cerca de 100 mil óbitos causados por doenças cerebrovasculares, mesmo número registrado em 2012. Na lista dessas doenças está o AVC, conhecido popularmente como derrame. Os principais fatores de risco para elas são o hábito de fumar, o uso de anticoncepcionais, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, a hipertensão arterial e a obesidade.

 

2° – Infarto agudo do miocárdio – 85,9 mil mortes

O infarto agudo acontece quando parte do coração não recebe oxigênio em quantidade suficiente, provocando a morte do músculo chamado miocárdio. Em 2013, foram 85,9 mil mortes em decorrência de infartos, 2% a mais do que no ano anterior. As pessoas mais propensas a ter um infarto são as que têm uma má alimentação, que realizam poucas atividades físicas e que vivem em ambientes estressantes.

 

3° – Pneumonia – 68,3 mil mortes

Com 68,3 mil mortes registradas em 2013 – 10% a mais do que em 2012 -, a pneumonia tem como principais fatores de risco o tabagismo e o consumo de álcool, que reduzem a capacidade de defesa do aparelho respiratório. Ficar muito tempo em ambientes com ar-condicionado também pode influenciar o surgimento da doença, uma vez que, com o ar mais seco, é mais fácil a penetração dos germes nas vias respiratórias.

 


VOLTAR